Nova "brincadeira" dos CTT

Se não é modelismo, provavelmente não será tão interessante, mas mesmo assim pode mostrar: Aqui! No entanto, atenção aos conteúdos!...

Moderadores: Moderadores, Moderadores Sénior

Nova "brincadeira" dos CTT

MensagemEscrita por Rove » 09 Fev 2018, 19:24

Tenho estado afastado daqui visto que regressei ao wargaming mas vou dando uma olhada aqui ao fórum e fiquei surpreendido por não ter encontrado ainda nenhum tópico recente a falar sobre as diabruras recentes destes nossos amigos.

Como devem saber, já faz algum tempo que todas as encomendas enviadas por correio registado do Reino Unido, são passadas do Royal Mail para a GLS (que é uma empresa do grupo), assegurando essa última a distribuição das mesmas em Portugal. Ora bem, dia 15/1, um amigo meu de Londres enviou-me uma caixa cheia de bits e com um modelo. Passados 15 dias...nada, nem sinal dela. Como ele tem os dados todos da encomenda, fazemos tracking e a dita encomenda estava em Lisboa desde dia 26/1 e o site do Royal Mail diz que após isso temos que usar o tracking da GLS - que me indica que não recebeu encomenda nenhuma.

Após 1 diazito de espera lá apareceu uma alma caridosa da GLS Portugal que me respondeu ao email (telefonar é escusado, que eles nem atendem) e me avisou por razões alheias à GLS e ao Royal Mail, a encomenda passou para os CTT, no dia 29/1 e que o tracking está agora activo no site dos ditos CTT. E para meu espanto, vejo que a mesma está retida na Alfândega, em modo "Aguarda Procedimentos Declarativos".

Como seria de esperar passei-me...mandei email para as reclamações dos CTT mas nem sequer recebi o já habitual aviso automático de que a mensagem foi entregue. Sendo assim, telefonei para a linha de apoio deles. Funcionário muito simpático, pede-me a referência da encomenda e, para meu espanto, diz-me que a encomenda está retida na Alfândega e que devo esperar pela carta deles para ver o que tenho que pagar.

Foi nessa altura que lhe perguntei se o Reino Unido já tinha saído da União Europeia? E que pelo que sei, ainda não o tinham feito, sendo parte da união aduaneira portanto estava parado na Alfândega por que razão? Ele ai ficou todo atrapalhado, ainda perguntou de onde tinha vindo a encomenda, ao que eu lhe respondi que tinha vindo de Londres (e o número de registo termina em GB- indicação do pais de origem) e nem sequer era de uma compra, mas sim de uma oferta de um amigo.

Perante a resposta de que devia ter havido um engano nos serviços, não quis abrir a reclamação com ele mas sim para o email dos CTT Internacional pois assim podia enviar os dados todos que tenho - desde fotos do recibo do Royal Mail, fotos da caixa, etc. Por acaso enviei o email e no próprio dia recebi a resposta automática de que tinha sido aberto um ticket com a minha queixa. Aguardo resposta...sentado, tal como a minha encomenda, que continua "presa".

O mais interessante nisto tudo é que se forem ao Portal da Queixa, há inúmeras pessoas a queixarem-se do mesmo problema - encomendas vindas de dentro da União Europeia que estão a ser paradas na Alfândega e cujos destinatários estão a receber as famosas cartas para apresentarem documentos em falta. Estarão assim tão desesperados por dinheiro? Teremos saídos da UE e ninguém avisou? Fica o aviso :(
Avatar do utilizador
Rove
 
Mensagens: 483
Registado desde: 13 Abr 2010, 00:59
Localização: Porto
Medalhas: 2
GB 41 - Caixa de Sobras (2)
Nome real: Rodrigo Silva Vergueiro

Re: Nova "brincadeira" dos CTT

MensagemEscrita por José Paulo Brito » 09 Fev 2018, 19:52

Pois é...

Infelizmente desde que começaram, até que concluíram a privatização, o serviço dos CTT nas diversas vertentes transformou-se num filme de terror.

E pelo que já tenho, ao longo do tempo, falado com alguns responsáveis da Alfândega, a culpa não é deles, pois a guarda dos objectos, os erros, as barbaridades e as estimativas (muitas vezes erradas) daquilo que supostamente vale a pena apresentarem à alfândega, solicitando mais documentação aos destinatários, são da responsabilidade dos CTT, que vão assim tentando a sorte deles com o objectivo de cobrarem um máximo de taxas de apresentação/despacho, as quais têm vindo a subir de custo.
Claro que se desculpam com a Alfândega, quando muitas das vezes e pela minha experiência, "ela" até gosta de agilizar e descomplicar.

Também já recebi há tempos um volume, creio que também do Reino Unido, com uma inusitada franquia da Alfândega, que obviamente se deve ter interrogado sobre quem seria o anormal que decidiu enviar-lhes tal pacote...
Pode ser que os imensos protestos em marcha e uma atitude mais firme das autoridades, mudem de alguma forma este estado de coisas.

Boa sorte e um abraço,
José Paulo
avatar ©Tony Belobrajdic
Avatar do utilizador
José Paulo Brito
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 1488
Registado desde: 26 Fev 2009, 01:09
Localização: Loulé

Re: Nova "brincadeira" dos CTT

MensagemEscrita por Rove » 09 Fev 2018, 20:11

José Paulo Brito wrote:Pois é...

Infelizmente desde que começaram, até que concluíram a privatização, o serviço dos CTT nas diversas vertentes transformou-se num filme de terror.

E pelo que já tenho, ao longo do tempo, falado com alguns responsáveis da alfândega, a culpa não é deles, pois a guarda dos objectos, os erros, as barbaridades e as estimativas (muitas vezes erradas) daquilo que supostamente vale a pena apresentarem à alfândega, solicitando mais documentação aos destinatários, são da responsabilidade dos CTT, que vão assim tentando a sorte deles com o objectivo de cobrarem um máximo de taxas de apresentação/despacho, as quais têm vindo a subir de custo.
Claro que se desculpam com a Alfândega, quando muitas das vezes e pela minha experiência, "ela" até gosta de agilizar e descomplicar.

Também já recebi há tempos um volume, creio que também do Reino Unido, com uma inusitada franquia da alfândega, que obviamente se deve ter interrogado sobre quem seria o anormal que decidiu enviar-lhes tal pacote...
Pode ser que os imensos protestos em marcha e uma atitude mais firme das autoridades, mudem de alguma forma este estado de coisas.

Boa sorte e um abraço,
José Paulo


Obrigado. Espero que também não tenha que me chatear muito e que receba a encomenda com a franquia. Se me mandam uma carta a pedir documentos vai haver "sangue" :evil:

Já agora, uma informação que deve dar jeito aos nossos membros - o "mítico" valor das encomendas fora de UE. Resposta oficial dos CTT, no Portal da Queixa, a uma reclamação de Fevereiro desde ano:

Informamos que a partir de 22 Euros (valor da fatura + portes de envio) são cobradas taxas de desalfandegamento, bem como o serviço de apresentação à AT por parte dos CTT.


Já foi 25€, já foi 23€...agora, e até ver, é 22€. Ainda estou é para descobrir onde é que eles publicam esta informação para o comum dos mortais ver.
Avatar do utilizador
Rove
 
Mensagens: 483
Registado desde: 13 Abr 2010, 00:59
Localização: Porto
Medalhas: 2
GB 41 - Caixa de Sobras (2)
Nome real: Rodrigo Silva Vergueiro

Re: Nova "brincadeira" dos CTT

MensagemEscrita por daniel figueiredo » 09 Fev 2018, 20:22

o mês passado comprei um kit a um colega aqui do fórum, correio registado.. posso dizer q o dito cujo deve ter feito a viagem Porto - Lisboa e Lisboa - Porto umas 4 vezes em 15 dias.
será q custava muito para no centro do país logo na 1º viagem!?
o serviço cada x esta pior e mais caro.
Avatar do utilizador
daniel figueiredo
 
Mensagens: 303
Registado desde: 10 Abr 2005, 13:12
Localização: Marinha Grande
Medalhas: 7
3 GBs (1) GB 07 - Bombardeiros Pesados (1) GB 32 - Ivan's Air Power (3) GB 37 - Exército Português (1) GB 46 - Ataque ao Solo (1)
Nome real: Daniel Figueiredo

Re: Nova "brincadeira" dos CTT

MensagemEscrita por Rove » 09 Fev 2018, 20:45

Outra coisa que descobri a meu custo - é escusado mandar correio registado para o Reino Unido. Demora mais e o tracking só dá até Heathrow (isto pelo Royal Mail não trabalhar com os CTT). Uma encomenda normal, enviada aqui do Porto (normalmente envio do Norteshopping, onde trabalho) está a demorar cerca de 2/3 dias se a morada for Londres ou arredores, para outros locais cerca de 6/7. Mais vale poupar dinheiro e mandar pelo correio normal. Mas claro que só aconselho isto quando se conhece a pessoa a quem se envia (normalmente só vendo em fóruns de wargaming e já tenho clientes "regulares").

daniel figueiredo wrote:o mês passado comprei um kit a um colega aqui do fórum, correio registado.. posso dizer q o dito cujo deve ter feito a viagem Porto - Lisboa e Lisboa - Porto umas 4 vezes em 15 dias.
será q custava muito para no centro do país logo na 1º viagem!?
o serviço cada x esta pior e mais caro.


Dentro de Portugal...depende. Já tive correio registado a demorar uma semana a fazer o Porto - Lisboa e vice-versa a demorar 1 dia (enviada nesta terça de tarde, na quarta estava cá no Porto). Correio normal é consoante algum critério no segredo dos deuses. Mas 15 dias é mesmo demais :evil:
Avatar do utilizador
Rove
 
Mensagens: 483
Registado desde: 13 Abr 2010, 00:59
Localização: Porto
Medalhas: 2
GB 41 - Caixa de Sobras (2)
Nome real: Rodrigo Silva Vergueiro

Re: Nova "brincadeira" dos CTT

MensagemEscrita por Bernardino Santos » 12 Fev 2018, 19:06

Como o serviço da GLS também é uma miséria (escrevo-o por experiência própria), encomendas registadas do Reino Unido não são fáceis de receber. Há muitos anos que tenho um Apartado nos CTT, para poder receber revistas não dobradas e encomendas quando não estou em casa. Como é evidente, com a GLS e as outras transportadoras os apartados não funcionam. Em dezembro gastei horas em tentativas de telefonemas e enviei mails para fornecer a minha morada à GLS para poder receber uma encomenda da Hannants. A GLS não me ligou nenhuma e a encomenda voltou para
UK. Para a receber pedi à Hannants para me a reenviarem por correio normal e a dita cuja lá chegou via CTT. Mas tinha pago portes em correio registado. Vá lá que a Hannants não me pediu dinheiro pelo reenvio.
Bernardino Santos
 
Mensagens: 20
Registado desde: 21 Fev 2007, 15:51

Re: Nova "brincadeira" dos CTT

MensagemEscrita por Rove » 14 Fev 2018, 03:54

Antes de mais, um actualização da minha história - a minha encomenda chegou ontem apesar de segundo o tracking ainda estar na alfândega. Durante a tarde o status da encomenda foi mudado para entregue e, milagre dos milagres, recebi um email dos CTT a pedir desculpas pela confusão. E hoje o site do Royal Mail já dá a encomenda como entregue - ou seja, para os serviços da Royal Mail, apesar de me dizerem que a encomenda deve ser seguida pelo site da GLS, o que interessa é que alguém assinou a encomenda... Final feliz portanto, mas ficou feito o aviso.

Bernardino Santos wrote:Como o serviço da GLS também é uma miséria (escrevo-o por experiência própria), encomendas registadas do Reino Unido não são fáceis de receber. Há muitos anos que tenho um Apartado nos CTT, para poder receber revistas não dobradas e encomendas quando não estou em casa. Como é evidente, com a GLS e as outras transportadoras os apartados não funcionam. Em dezembro gastei horas em tentativas de telefonemas e enviei mails para fornecer a minha morada à GLS para poder receber uma encomenda da Hannants. A GLS não me ligou nenhuma e a encomenda voltou para
UK. Para a receber pedi à Hannants para me a reenviarem por correio normal e a dita cuja lá chegou via CTT. Mas tinha pago portes em correio registado. Vá lá que a Hannants não me pediu dinheiro pelo reenvio.


Bem...se eu fosse contar os problemas que já tive com a GLS. Agora já acabaram com a mania que tinham, que era de vir entregar encomendas às 8.30 da manhã, tocavam à campainha apenas depois de terem deixado o aviso para irmos levantar a encomenda num dos pontos de entrega e fugiam. Ou então quando eram coisas pequenas, mesmo a ser preciso assinatura, enfiavam aquilo na caixa do correio e fingiam que alguém tinha assinado.

Sempre que sabia que ia receber encomenda deles e tinha horário para isso, metia o despertador para volta das 8:20 e era certo e achado que às 8.30 lá parava a carrinha deles, saltava o funcionário com aparelho de registo da mão e o papel da encomenda para meter no correio. Ao fim de quase 1 ano em que sempre o apanhei a fazer isso, o tipo começou a vir mais tarde e agora só chega por volta das 10, toca à campainha e espera :mrgreen:

Telefonar para o número deles é perda de tempo, nunca atendem. Deixo aqui o email por onde costumam responder, embora demora cerca de 1 ou 2 dias - atendimento@gls-portugal.com
Avatar do utilizador
Rove
 
Mensagens: 483
Registado desde: 13 Abr 2010, 00:59
Localização: Porto
Medalhas: 2
GB 41 - Caixa de Sobras (2)
Nome real: Rodrigo Silva Vergueiro

Re: Nova "brincadeira" dos CTT

MensagemEscrita por Jorge Soares » 16 Fev 2018, 16:41

Caros Colegas,

Como que a querer contrariar o que aqui tem sido dito sobre a actuação dos CTT, acabo de receber hoje dois livros encomendados a Inglaterra e que me chegaram à porta de casa sem problemas, em condições impecáveis e em cerca de 12 dias a partir da data da encomenda. Considerando os fins-de-semana, feriados, pontes e tolerâncias diversas, confessemos que não é mau...

Notem por favor que não duvido minimamente dos percalços que tenham tido com as vossas encomendas mas, por mim e até agora (keep your fingers crossed...), as coisas têm corrido bem. Note-se também que as minhas compras são maioritariamente livros e se por acaso há algo a encomendar relacionado com plástico, tenho-o feito principalmente a partir da Polónia e -verdade, verdadinha... - nem sempre em grandes volumes. Será por isso ??? Ou será sorte ???? O futuro o dirá !!!

Cumprimentos modelísticos e esperando que os vossos problemas com os correios se resolvam.

Jorge Soares
Jorge Soares
 
Mensagens: 324
Registado desde: 23 Mar 2006, 20:21
Localização: Bicesse


Voltar a Off-topic

Quem está online

Utilizadores a consultar este fórum: Nenhum utilizador registado e um visitante

cron